segunda-feira, 16 de setembro de 2013

Letras aglutinadas sobre um alguém qualquer.

Esquecer você...
A minha vontade é nunca mais te ver!
minha vontade de te afastar se confunde com a vontade de te ter,
sei que nem você cogitou saber a profundidade e dimensão,
confesso também não sabia,
mas talvez um dia, quem sabe.
Enquanto isso vou seguindo,
procurando o não,
não te encontrar, não te ver, não pra você.
Não suporto a ideia de te olhar e saber que você repara em mim,
mas juntos não podemos ficar, e fica assim
eu pra cá e você pra lá,
não quero passar na sua rua,
não quero passar na porta do seu trabalho
desvio minha rota e fico em frangalhos
ao saber que desviei a minha rota para na melhor das intenções não te ver.
Mas pouco a pouco, eu vou esquecer você.